Imprensa

Cidadão chinês morre electrocutado em chimoio

Cidadão chinês morre electrocutado em chimoio

Um cidadão de nacionalidade chinesa perdeu a vida e 17 moçambicanos contraíram ferimentos na tarde de terça-feira, durante uma tempestade que fustigou a cidade de Chimoio, capital da província central de Manica.

O finado foi electrocutado no centro da cidade de Chimoio por um poste de energia, derrubado pela força dos ventos.

Os ferimentos foram provocados pela queda de paredes, árvores e por outros objectos arrastados pelas águas ou lançados pela força do vento.

Segundo o administrador de Chimoio, Daniel Andicene, os ventos chegaram a atingir uma velocidade de cerca de 80 quilómetros por hora e a precipitação 72,5 mm. A tempestade começou cerca de 17h00 horas e durou perto de uma hora.

Confirmamos a morte de um cidadão de nacionalidade chinesa. Caiu um poste de energia. Ele vinha a pé e foi electrocutado”, explicou Andicene, que chefiava uma equipa multissectorial durante uma visita àquela urbe para aferir o impacto da intempérie.

O incidente aconteceu aqui mesmo na cidade. Outras pessoas contraíram ferimentos e várias infra-estruturas ficaram destruídas”, acrescentou.

A fonte disse que a maioria dos bairros da cidade de Chimoio continua privada de electricidade devido a queda dos postes de energia e postos de transformação.

Estamos a trabalhar para apurar os prejuízos. Circulamos por alguns bairros e apuramos que realmente existem muitas famílias que precisam do nosso apoio. Estamos a trabalhar para ver se conseguimos ajudar essas famílias”, referiu.

(AIM)