Imprensa

PR recebe Cartas Credenciais do Alto Comissário da Tanzania

PR recebe Cartas Credenciais do Alto Comissário da Tanzania

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, recebeu hoje, dia 12 de Agosto de 2020, no Gabinete da Presidência da República, as Cartas Credenciais do Alto Comissário da República Unida da Tanzania junto da República de Moçambique, Phaustine Martin Kasike.

Falando na ocasião, a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, salientou que Moçambique e Tanzania têm laços históricos de irmandade profundos que remontam dos tempos da luta de libertação nacional, e têm se alicerçado na boa cooperação existentes entre os dois povos e países.

"O Presidente da República manifestou a sua satisfação pela indicação do novo Alto Comissário da Tanzania para Moçambique, para catapultar as relações de amizade, cooperação e solidariedade que sempre estiveram presentes entre os dois países e povos irmãos".

De acordo com a Governante, a Cooperação entre Moçambique e Tanzania é vasta e tem como fundamento o Acordo Geral de Cooperação Bilateral, assinado em 1977, que incide nas áreas de Negócios Estrangeiros, Defesa e Segurança, Migração, demarcação de fronteiras, antigos combatentes, justiça, agricultura, turismo, indústria e comércio, recursos minerais e energia, educação, cultura, transportes e comunicações, obras públicas e habitação, saúde, desminagem e comunidades.

"Estamos confiantes que o novo Alto Comissário vai catapultar as relações entre os dois países, olhando para a experiência do incumbente, na perspectiva de melhorar a concertação de posições para defesa de interesses comuns e da SADC. Vamos igualmente tratar da questão de valorização dos locais e recuperação de propriedades e monumentos históricos da luta armada de libertação nacional que constituem o nosso acervo e dinamizar as áreas de comércio, indústria, incluindo feiras internacionais de ambos os países. O Presidente da República deu tónica à importância de fazermos mais e melhor a cooperação económica", referiu a Chefe da Diplomacia moçambicana.

Outro enfoque referido pela Ministra dos Negócios Estrangeiros será dado à gestão integrada de recursos hídricos partilhados pelas comunidades circunvizinhas do Rio Rovuma e dos recursos naturais, áreas de conservação transfronteiriça, incluindo recursos florestais. 

"Estamos expectantes de que a apresentação de Cartas Credenciais possa resultar na inovação para que as relações e amizade, cooperação e solidariedade entre os nossos dois países e povos continue de crescendo em crescendo", rematou a governante. (PR)